top of page
  • Foto do escritorDra. Thaísa Bramusse

IMP capilar: conheça os benefícios


A IMP ou Infusão de Medicamentos na Pele é uma técnica que permite a entrega de medicamentos e substâncias diretamente na derme.


Para a realização do procedimento, é utilizado um aparelho com uma ponteira, onde estão 27 agulhas. A aplicação é feita deslizando essa ponteira sobre a pele, na área a ser tratada, atingindo a derme com profundidade homogênea.


A técnica é usada para várias condições, mas hoje, falarei do tratamento capilar.


Por que a IMP capilar é tão eficaz?

A grande diferença da IMP para a mesoterapia ou intradermoterapia é o mecanismo de aplicação e a eficácia.


Na mesoterapia ou intradermoterapia, a aplicação de substâncias e medicamentos é feita por uma única agulha, de forma manual e pontual, o que limita a área de atuação e não garante homogeneidade na profundidade da entrega.


Já a infusão de medicamentos na pele faz uma entrega na derme (camada inferior da pele) em uma profundidade homogênea, definida no aparelho. Isso é fundamental para uma melhor absorção das substâncias, se comparado ao uso tópico de medicamentos. A área de cobertura também é maior, o que melhora os resultados.


O procedimento também é mais confortável do que a mesoterapia.


Qual a diferença para o microagulhamento?

Na técnica do microagulhamento, os resultados são obtidos por meio das microlesões provocadas, que estimulam a renovação e o metabolismo celular da área tratada. Mas não há infusão de medicamentos.


Já a IMP promove as microlesões associadas à entrega de medicamentos.


Para quem é indicado o IMP capilar?


O IMP é indicado para o tratamento de alopécia androgenética feminina e masculina, de dermatite seborreica (caspa) e coceira, de agressões químicas e físicas, no pós-praia, de eflúvio telógeno pós-parto, por deficiência de vitaminas ou estresse, para o crescimento e hidratação dos fios, entre outras condições.


Como é o procedimento?

O primeiro passo são exames laboratoriais e a anamnese do paciente, para começarmos a fechar o diagnóstico. Em seguida, passamos para a avaliação física do couro cabeludo, com o uso de um aparelho chamado tricoscópio.


Ele permite avaliar a saúde do couro cabeludo, onde há folículos, como estão as hastes capilares e onde deve ser aplicado o IMP. Assim, temos todas as informações necessárias para definir o protocolo de tratamento.


Apesar de a aplicação do IMP não ser dolorida, é feita a aplicação de um anestésico tópico para garantir o conforto do paciente.


Associação com LED terapia

Enquanto o paciente aguarda o efeito do anestésico (cerca de 15 minutos), utilizamos o “capacete” com lâmpadas de LED, para a LED terapia. Esse procedimento estimula a oxigenação, o crescimento dos fios, e ajuda na absorção das substâncias que serão aplicadas.


Após a remoção do capacete, é feita a higienização do couro cabeludo para a infusão dos medicamentos na pele.


A ponteira é deslizada pelo couro cabeludo, em movimentos de arraste, que estimulam o crescimento dos fios. Todo material é estéril e descartado após o tratamento.


O tipo de medicamento e substâncias aplicadas, bem como as regiões em que daremos maior atenção, dependem de cada caso.


A Infusão de Medicamentos na Pele e a LED terapia podem ser feitas aqui no consultório.


Quer saber se essa terapia pode te ajudar? Entre em contato comigo ou mande sua pergunta por aqui.


Até a próxima!


Dra. Thaísa Bramusse


コメント


bottom of page